Sábado é dia de Feijoada!

De onde venho, sábado é sagrado, dia de feijoada!! Qualquer buteco, qualquer venda, qualquer restaurante, qualquer loojinha, tem feijoada….sabado saiu de casa, vc não escapa…feijoada.

Mas em Vitória, bora pro fogão…mas mesmo assim, Sábado é dia de feijoada.

Anúncios

Gilberto Carvalho fala sobre a Aprovação do Código Florestal

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, disse em entrevista coletiva no dia de ontem, dia 26 de abril, que a presidenta Dilma Rousseff vai analisar o novo Código Florestal com “sangue frio e tranqüilidade”, como informa a matéria de audio produzida pela radio PT (Link abaixo).

Link da entrevista com Gilberto Carvalho: http://ht.ly/axXEe

Para quem não conhece Gilberto Carvalho apresento uma breve biografia, para podermos entender as funções que executou tanto no Governo Lula como no Governo Dilma.

“Nascido em Londrina, no Paraná, Gilberto Carvalho é o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República. É formado em Filosofia pela Universidade Federal do Paraná, em 1973 e estudou Teologia por três anos no Studium Theologicum de Curitiba. Trabalhou como soldador de 1975 a 1984, em fábricas em Curitiba e no ABC paulista. Militou na Pastoral Operária Nacional, ligada à Igreja Católica, entidade da qual foi secretário-geral entre 1985 e 1986. Carvalho foi também coordenador do Movimento Fé e Política, entre 2001-2003. Foi secretário de Comunicação, entre 1997 e 2000, e de Governo, em 2001, da Prefeitura de Santo André, no ABC. Ocupou vários cargos no Partido dos Trabalhadores, como: presidente do Diretório no Paraná (1987-89); secretário nacional de Formação Política (1989-93); diretor do Instituto Cajamar – Centro de Formação Política e Sindical (1989-93); secretário-geral nacional (1993-95); e secretário nacional de Comunicação (1995-97).” (informações do site da secretaria geral da república).

Pois bem meus caros, a ligação que Gilberto Carvalho teve e tem com os movimentos sociais, o cacifou para assumir posições muito próximas e estratégicas nos dois governo do PT. No governo Lula, era secretário de gabinete, era a única pessoa com quem Lula contou em todos os dias, todos os momentos do seu governo. E agora, com status de ministro, passa a assumir uma posição de destaque na agenda política do governo.

Pois bem, mas isto são fatos, e para além dos fatos existem os factóides.

Não foi atoa que tanto Lula como a Dilma, colocaram e colocam o distinto Gilberto Carvalho para FALAR, NEGOCIAR, FACILITAR E PAUTAR questões que são nevrálgicas para os movimentos sociais de “esquerda”.

Porém, contudo, todavia, durante estes 09 anos, mesmo tendo esta função nobre, e que realmente demonstra o respeito que o PT teve e tem pelos movimentos sociais, é fato e notório que Gilberto Carvalho fica mais parecendo uma barreira, um colchão amortecedor, uma parede, entre o Governo do PT, as pautas espinhudas e os movimentos sociais, pois para além deste dito respeito, os processos continuam andando e sendo aprovados. E os movimentos sociais? ficam ai, no lugar deles num governo do PT: desmobilizados e fragilizados com o discurso e as medidas “populistas” deste governo.

Estamos cada vez mais próximos de uma Greve histórica durante um governo do PT: das Universidades Federais

Depois de 9 anos de uma relação de muita parceria e cordialidade, entre os professores univesitários das Univ. Federais e o Governo do Partido dos Trabalhadores, aponta-se uma greve para o dia 17 de maio de 2012.

Será uma data marcante, pois o PT sempre teve forte expressão dentro das Universidades Federais, tanto foi que o governo Lula fez os reajustes necessários e “melhorou” o ambiente das universidades públicas federais, logo a partir do início do seu governo.

No entanto, estamos vivenciando um governo Dilma, que é marcado cada vez mais pela intransigência nas negociações, contenção de gastos e assume para si a responsabilidade de efetivar as mudanças que acredita serem válidas e necessárias. Este receituário é bastante perigoso e inflamável.

Pois bem, mesmo depois de quase 2 anos de negociações, o ANDES (Sindicado Nacional dos Professores Univ.), passaram para um segundo estágio, o do enfrentamento e de braços cruzados – GREVE. Mas não será a toa, pois além dos 4% de reajuste, eu disse, reajuste e não aumento real de salário, que não foram efetivados (em março de 2012) após a negociação acordada e assinada em agosto de 2011, ainda temos a intolerância do governo para avançar na negocição de um novo Plano de Carreira (que envolve também as IFES).

Assim, sendo, o que tudo indica, no dia de hoje, é forte tendência a uma greve nacional das universidades federais, e que será uma greve não muito curta.  Mas a esperança é a ultima que morre, e assim sendo, espera-se que o Governo tenha bom senso e passe a negociar, e não apenas marcar reunião atrás de reunião para agendar uma nova reunião, detalhe, segundo as lideranças sindicais, regadas a um bom papo.

Segue o texto do site do ANDES sobre a reunião de ontem, entre o sindicatos e o MEC/MP.

http://www.andes.org.br:8080/andes/print-ultimas-noticias.andes?id=5301

 

Paulo Freire é declarado o patrono da educação brasileira

Portal do MEC – Segunda-feira, 16 de abril de 2012 – 17:36

O educador e filósofo pernambucano Paulo Freire (1921-1997) passa a ser reconhecido como patrono da educação brasileira. É o que estabelece a Lei nº 12.612, do dia 13 último. Freire dedicou grande parte de sua vida à alfabetização e à educação da população pobre.

Oriundo de uma família de classe média, Freire conviveu com a pobreza e a fome na infância, durante a depressão de 1929. A experiência o ajudou a pensar nos pobres e o levou, mais tarde, a elaborar seu revolucionário método de ensino. Em 1943, chegou à Faculdade de Direito da Universidade de Recife, hoje Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). Durante o curso, teve contato com conteúdos de filosofia da educação. Ao optar por lecionar língua portuguesa, deixou de lado a profissão de advogado. Em 1946, assumiu a direção do Departamento de Educação e Cultura do Serviço Social de Pernambuco, onde passou a trabalhar com pobres analfabetos.

Em 1961, como diretor do Departamento de Extensões Culturais da Universidade de Recife, montou uma equipe para alfabetizar 300 cortadores de cana em 45 dias. As experiências bem-sucedidas com alfabetização foram reconhecidas em 1964 pelo governo de João Goulart, que aprovou a multiplicação das experiências no Plano Nacional de Alfabetização. No entanto, poucos meses após a implantação, o plano foi vetado pelos militares, que assumiram o governo. Freire foi preso e expulso do país. Em 16 anos de exílio, passou por Chile, Suíça, Estados Unidos e Inglaterra e difundiu sua metodologia de ensino em países africanos de colonização portuguesa, como Guiné-Bissau e Cabo Verde.

Em sua obra mais conhecida, A Pedagogia do Oprimido, o educador propõe um novo modelo de ensino, com uma dinâmica menos vertical entre professores e alunos e a sociedade na qual se inserem. O livro foi traduzido em mais de 40 idiomas.

Visão — Para a diretora de currículos e educação integral do Ministério da Educação, Jaqueline Moll, o Brasil presta uma homenagem a Paulo Freire por sua obra pela educação brasileira. “Paulo Freire é a figura de maior destaque na educação brasileira contemporânea, pelo olhar novo que ele constrói sobre o processo educativo”, afirma. “Ele tem ajudado muitos países no mundo a repensar a visão vertical que temos nas salas de aula, de um professor que sabe tudo e do estudante que é uma tábula rasa e nada sabe.”

“Uma homenagem mais que justa”, comemora Leocádia Inês Schoeffen, secretária municipal de Educação de São Leopoldo (RS), cidade a 50 km de Porto Alegre. Todas as 35 escolas públicas do município já aderiram ao Programa Mais Educação, que amplia a jornada diária para o mínimo de sete horas. “O Mais Educação, do ponto de vista da educação popular, não é restrito ao ambiente escolar, mas articula-se com a comunidade. Assim, há afinidade grande desse programa com o que o Paulo Freire defendia, que é fazer a leitura do mundo e a inserção do educando no seu meio, capacitando-o para que seja agente do seu momento histórico”, diz.

Reconhecido internacionalmente, Paulo Freire recebeu inúmeros títulos e importantes premiações. No portal Domínio Público, do MEC, pode-se baixar gratuitamente o livro Paulo Freire, de Celso de Rui Beisiegel, uma coletânea de análises de seus textos mais importantes.

A Lei nº 12.612, de 13 de abril de 2012 foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 16, Seção 1 página 1.

Diego Rocha – Portal do MEC

É por isso que não temos uma Universidade Estadual!!

Me parece que as mesmas soluções que o Governo FHC, sob a batuta do falecido Ministro Paulo Renato, deram para o ensino superior no Brasil é a mesma solução que o Governo Hartung-Casagrande estão dando para o ES. Ou seja, deixa o vácuo do ensino público tomar forma, corpo e cheiro, e a iniciativa privada entra com força total. E com um detalhe, acrescentaram a solução dada pelo Governo Lula, sob a batuta do então Ministro Haddad, que são as bolsas do PROUNI, que aqui no ES são chamadas de Programa Nossa Bolsa, que na verdade é um grande financiamento para universidades particulares, pois além de reduzir a quase zero a inadimplência, ainda garante que o aluno faça 4 ou 5 anos sem desistir, é uma baita “solução” para o populismo deste governo.

Pois é, e o que estamos vendo no Estado comandado pelo Senhor Hartung-Casagrande é exatamente isto, vejam só a matéria que segue abaixo, publicado no Jornal ES Hoje:

Grupo investe R$ 70 milhões em nova faculdade na Serra

Nesta sexta-feira, dia 27, a Serravix, faculdade do Grupo Univix, inaugura sua nova sede, localizada em Laranjeiras, município da Serra. Além de boa localização, o espaço conta com estrutura moderna e terá capacidade para abrigar até 15 mil alunos. Atualmente, três mil já estão matriculados nos 11 cursos oferecidos pela instituição. A primeira etapa do empreendimento começou a tomar forma em junho do último ano e, em sua totalidade, o projeto vai comportar 36 amplas salas de aula, biblioteca com 1.000 m², cantina, setores administrativos e estacionamento com 900 vagas.

O investimento totaliza recursos na ordem de R$ 70 milhões e o prédio foi erguido em um dos melhores pontos de Laranjeiras, próximo a um terminal do Transcol, supermercados, hospitais e toda a estrutura que o bairro oferece. O valor investido será distribuído em diversos pontos da estrutura da faculdade ao longo de sete anos e a construção da obra está sob os cuidados da Metron Engenharia, uma construtora que atua há mais de 35 anos no Estado.

“A obra da nova sede da Serravix irá fortalecer e consolidar o Grupo Univix como o maior no setor de ensino do Espírito Santo. A nossa preocupação é aliar estrutura de ponta a excelência no ensino para os nossos alunos”, afirma o diretor geral do Grupo Univix, que é composto pelas faculdades Serravix, Univix, Unisam e Univen, Tadeu Penina.

Dia 25 de Abril – Paralização Nacional dos Servidores Federais

 

Embora o PT tenha reestruturado as carreiras profissionais públicas, o reajuste salarial não vem sendo dado a mais de 3 anos em alguns setores, quer dizer, na maioria deles. No caso dos professores universitários das Federais, em 3 anos, 4% de aumento, e o acordo desse mini “reajuste”, se é posssivel chamar isso de reajuste, não foi efetivado, ainda encontra-se no congresso para parecer de um deputado do PTB.

Senado aprova projeto que acaba com guerra dos portos

Politica Fiscal avançando…fim da guerra dos portos, agora é acabar de vez com a guerra fiscal e fazer do Brasil um país só, e não uma colcha de retalhos…

E o mais engraçado, por mais que os politicos capixabas façam aquela choradeira, as análises são de que as importações irão aumentar no SUDESTE….

Estados terão de adotar a alíquota única de 4% do ICMS para importados a partir de 2013

24 de abril de 2012 | 19h 59

Ricardo Brito, da Agência Estado

BRASÍLIA – O plenário do Senado aprovou nesta terça-feira, 24, por 58 votos a favor e 10 contra, o texto-base do projeto que acaba com a guerra dos portos. A partir de janeiro de 2013, todos os Estados terão de seguir a alíquota única de 4% do ICMS interestadual para produtos importados.

O texto vai agora à promulgação, sem precisar passar pela Câmara dos Deputados ou Presidência da República, uma vez que cabe ao Senado definir as alíquotas de ICMS.

A medida impede Estados como Espírito Santo, Santa Catarina e Goiás de darem incentivos fiscais a produtos vindos de fora do País, mas que terão como destino outras unidades da federação.

Também foi aprovada uma emenda para excluir da nova regra de tributação as mercadorias ou bens importados que não tenham similar nacional. A emenda foi apresentada hoje pela senadora Vanessa Grazziotin (PCdoB-AM) com o apoio de 37 senadores. A sugestão contou com o apoio do líder do governo na Casa, Eduardo Braga (PMDB-AM).

A emenda proposta recebeu 52 votos a favor, 12 contra e três abstenções. Pela emenda de Vanessa Grazziotin, caberá à Câmara de Comércio Exterior (Camex), órgão ligado ao Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio (MDIC), fazer essa definição.

Ficaram de fora também os produtos da Zona Franca de Manaus e do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Tecnológico da Indústria de Semicondutores (Padis).

(Com informações da Agência Senado)

Carro Importado senhor político? não não…

 

É isso mesmo, o parlamento brasileiro aprovou nesta terça feira uma lei que proíbe órgãos públicos de adquirirem automóveis importados, desde que não seja de natureza específica e não tenha similar brasileiro.

Ou seja, temos que ter lei até para que o recurso público priorize adquirir carros que sejam fabricados no Brasil. Uau, isso que é um país em ascenção para o desenvolvimento….que desenvolvimento mesmo?

Senadora Katia Abreu quer acabar com a pobreza rural! ãh?

A senadora katia abreu, em visita oficial a China, a menos de uma hora atrás, publicou no seu microblog o depoimento acima. Mas a questã é: qual as estratégias e as formas para acabar com essa pobreza rural, heim? Seria realizar uma ampla e irrestrita reforma agrária? Será então, ampliar o crédito, a infra estrutura, a assistência técnica, a educação, o subsidio agrícola para agricultores familiares e camponeses?

Pois é meus caros e carrissimas, neste país de tanta desigualdade, pessoas como esta senhora senadora, a vontade de acabar com a pobreza rural esta mais para substituir os pobres por gado e soja.

Operação Lee Oswald

Que situação e esta? realmente uma materia digna de página policialesca. Pois é, o incacreditável ainda continua acontecendo e acontecerá por muitas gerações…até que o mundo se acabe! amém!
Segue a matéria.

Além do prefeito, seis secretários, procurador, PMs e empresários são presos em operação da PF

Redação Folha Vitória

O superintendente da Polícia Federal no Espírito Santo, Erivelto Leão de Oliveira, reuniu a imprensa na manhã desta quinta-feira (19) para detalhar a operação que prendeu o prefeito de Presidente Kennedy, Reginaldo dos Santos Quinta, do PTB.

Erivelto Leão de Oliveira confirmou que um soldado e um major da Polícia Militar do Espírito Santo estão entre os 28 presos por suspeita de envolvimento no esquema de fraudes em licitações que somariam um desvio de mais de mais R$ 55 milhões em 21 contratos.

“A ação atendeu a uma demanda do Tribunal de Justiça do Espírito Santo e foi focada no município de Presidente Kennedy onde se constatou uma organização criminosa que desviava verbas públicas através de fraudes em licitações. São atos típicos de fraudes de licitação como preços superfaturados, direcionamento de licitação e conluios entre empresários. Eles são chamados para participar daquele grupo e, os empresários que não pertencem àquele grupo são de certa forma, excluídos”, comentou o superintendente da Polícia Federal.

A operação reuniu 230 policiais federais e deixa a prefeitura de Presidente Kennedy sem prefeito, procurador-geral, seis secretários municipais e quatro funcionários da comissão de licitação. A Polícia Federal pediu e o Tribunal de Justiça determinou o afastamento dos quatro integrantes da mesa diretora de Câmara Municipal de Vereadores.

Somente no ano passado, o município de Presidente Kennedy recebeu mais de R$ 98 milhões em royalties. De acordo com a PF, se fosse um estado, o município capixaba ocuparia a sétima colocação em volume de recursos recebidos pela exploração do petróleo.

“É um município rico e com uma população carente em alguns aspectos de serviços públicos, então, algo que também chama a atenção é a quantidade de contrastes”, disse Erivelto Leão de Oliveira.

A ação da Polícia Federal

A movimentação dos agentes começou cedo para o cumprimento de 79 mandados judiciais, sendo 51 de busca e apreensão, além de 13 mandados de prisões preventivas e 15 de prisões temporárias.

Em Vitória, nos bairros Jardim Camburi e Jardim da Penha, policiais realizaram apreensões de computadores e documentos e prenderam dois suspeitos de participação na organização criminosa responsável por fraudes em licitações, superfaturamentos, desvio de verbas, além de pagamentos indevidos em contratos de serviços e compra de materiais.

Investigações

De acordo com informações da Polícia Federal, as investigações foram iniciadas há seis meses e constataram que o líder da quadrilha era o prefeito do município de Presidente Kennedy, no litoral Sul do Espírito Santo.

A quadrilha, de acordo a denúncia, era formada pela sobrinha do prefeito, que acumulava a chefia de três secretarias municipais. Além dela, o Procurador Geral do Município, integrantes da comissão de licitação, empresários e dois policiais militares, sendo um deles o Comandante da Guarda Municipal, também são acusados pelo MPES de participarem da quadrilha. Um membro da executiva estadual do partido político do prefeito também participava do esquema criminoso.

As investigações apuraram que a grande quantidade de recursos municipais era desviada para os membros da quadrilha. As licitações eram montadas a partir de editais que restringiam a concorrência e eram direcionadas para grupos econômicos previamente escolhidos que simulavam legalidade do processo. Foi identificado pelas investigações que, até o momento, o desvio é de cerca de R$ 50 milhões.

Os envolvidos poderão responder pelos crimes de corrupção ativa e passiva, advocacia administrativa, prevaricação, peculato, falsidade ideológica, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro, além de crimes específicos previsto na lei de licitações.

O município

Folha Vitória

Presidente Kennedy é a cidade campeã de créditos em royalties do Espírito Santo, com quase 20 % de todo o valor recebido. Isso permite que o PIB percapita alcance padrões superiores aos de países desenvolvidos.

Mas, em contrapartida, o município é o lanterna do ranking educacional no Estado e apresenta o quarto pior índice de desenvolvimento humano entre as cidades capixabas, segundo o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PUND).

Nome da operação

Lee Oswald foi considerado responsável pelo assassinato do presidente norte americano John Kennedy. A ação policial desta quinta-feira possibilita o fim de desvio de recursos públicos na cidade