Operação Lee Oswald

Que situação e esta? realmente uma materia digna de página policialesca. Pois é, o incacreditável ainda continua acontecendo e acontecerá por muitas gerações…até que o mundo se acabe! amém!
Segue a matéria.

Além do prefeito, seis secretários, procurador, PMs e empresários são presos em operação da PF

Redação Folha Vitória

O superintendente da Polícia Federal no Espírito Santo, Erivelto Leão de Oliveira, reuniu a imprensa na manhã desta quinta-feira (19) para detalhar a operação que prendeu o prefeito de Presidente Kennedy, Reginaldo dos Santos Quinta, do PTB.

Erivelto Leão de Oliveira confirmou que um soldado e um major da Polícia Militar do Espírito Santo estão entre os 28 presos por suspeita de envolvimento no esquema de fraudes em licitações que somariam um desvio de mais de mais R$ 55 milhões em 21 contratos.

“A ação atendeu a uma demanda do Tribunal de Justiça do Espírito Santo e foi focada no município de Presidente Kennedy onde se constatou uma organização criminosa que desviava verbas públicas através de fraudes em licitações. São atos típicos de fraudes de licitação como preços superfaturados, direcionamento de licitação e conluios entre empresários. Eles são chamados para participar daquele grupo e, os empresários que não pertencem àquele grupo são de certa forma, excluídos”, comentou o superintendente da Polícia Federal.

A operação reuniu 230 policiais federais e deixa a prefeitura de Presidente Kennedy sem prefeito, procurador-geral, seis secretários municipais e quatro funcionários da comissão de licitação. A Polícia Federal pediu e o Tribunal de Justiça determinou o afastamento dos quatro integrantes da mesa diretora de Câmara Municipal de Vereadores.

Somente no ano passado, o município de Presidente Kennedy recebeu mais de R$ 98 milhões em royalties. De acordo com a PF, se fosse um estado, o município capixaba ocuparia a sétima colocação em volume de recursos recebidos pela exploração do petróleo.

“É um município rico e com uma população carente em alguns aspectos de serviços públicos, então, algo que também chama a atenção é a quantidade de contrastes”, disse Erivelto Leão de Oliveira.

A ação da Polícia Federal

A movimentação dos agentes começou cedo para o cumprimento de 79 mandados judiciais, sendo 51 de busca e apreensão, além de 13 mandados de prisões preventivas e 15 de prisões temporárias.

Em Vitória, nos bairros Jardim Camburi e Jardim da Penha, policiais realizaram apreensões de computadores e documentos e prenderam dois suspeitos de participação na organização criminosa responsável por fraudes em licitações, superfaturamentos, desvio de verbas, além de pagamentos indevidos em contratos de serviços e compra de materiais.

Investigações

De acordo com informações da Polícia Federal, as investigações foram iniciadas há seis meses e constataram que o líder da quadrilha era o prefeito do município de Presidente Kennedy, no litoral Sul do Espírito Santo.

A quadrilha, de acordo a denúncia, era formada pela sobrinha do prefeito, que acumulava a chefia de três secretarias municipais. Além dela, o Procurador Geral do Município, integrantes da comissão de licitação, empresários e dois policiais militares, sendo um deles o Comandante da Guarda Municipal, também são acusados pelo MPES de participarem da quadrilha. Um membro da executiva estadual do partido político do prefeito também participava do esquema criminoso.

As investigações apuraram que a grande quantidade de recursos municipais era desviada para os membros da quadrilha. As licitações eram montadas a partir de editais que restringiam a concorrência e eram direcionadas para grupos econômicos previamente escolhidos que simulavam legalidade do processo. Foi identificado pelas investigações que, até o momento, o desvio é de cerca de R$ 50 milhões.

Os envolvidos poderão responder pelos crimes de corrupção ativa e passiva, advocacia administrativa, prevaricação, peculato, falsidade ideológica, formação de quadrilha e lavagem de dinheiro, além de crimes específicos previsto na lei de licitações.

O município

Folha Vitória

Presidente Kennedy é a cidade campeã de créditos em royalties do Espírito Santo, com quase 20 % de todo o valor recebido. Isso permite que o PIB percapita alcance padrões superiores aos de países desenvolvidos.

Mas, em contrapartida, o município é o lanterna do ranking educacional no Estado e apresenta o quarto pior índice de desenvolvimento humano entre as cidades capixabas, segundo o Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PUND).

Nome da operação

Lee Oswald foi considerado responsável pelo assassinato do presidente norte americano John Kennedy. A ação policial desta quinta-feira possibilita o fim de desvio de recursos públicos na cidade

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s