Gilberto Carvalho fala sobre a Aprovação do Código Florestal

O ministro da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, disse em entrevista coletiva no dia de ontem, dia 26 de abril, que a presidenta Dilma Rousseff vai analisar o novo Código Florestal com “sangue frio e tranqüilidade”, como informa a matéria de audio produzida pela radio PT (Link abaixo).

Link da entrevista com Gilberto Carvalho: http://ht.ly/axXEe

Para quem não conhece Gilberto Carvalho apresento uma breve biografia, para podermos entender as funções que executou tanto no Governo Lula como no Governo Dilma.

“Nascido em Londrina, no Paraná, Gilberto Carvalho é o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República. É formado em Filosofia pela Universidade Federal do Paraná, em 1973 e estudou Teologia por três anos no Studium Theologicum de Curitiba. Trabalhou como soldador de 1975 a 1984, em fábricas em Curitiba e no ABC paulista. Militou na Pastoral Operária Nacional, ligada à Igreja Católica, entidade da qual foi secretário-geral entre 1985 e 1986. Carvalho foi também coordenador do Movimento Fé e Política, entre 2001-2003. Foi secretário de Comunicação, entre 1997 e 2000, e de Governo, em 2001, da Prefeitura de Santo André, no ABC. Ocupou vários cargos no Partido dos Trabalhadores, como: presidente do Diretório no Paraná (1987-89); secretário nacional de Formação Política (1989-93); diretor do Instituto Cajamar – Centro de Formação Política e Sindical (1989-93); secretário-geral nacional (1993-95); e secretário nacional de Comunicação (1995-97).” (informações do site da secretaria geral da república).

Pois bem meus caros, a ligação que Gilberto Carvalho teve e tem com os movimentos sociais, o cacifou para assumir posições muito próximas e estratégicas nos dois governo do PT. No governo Lula, era secretário de gabinete, era a única pessoa com quem Lula contou em todos os dias, todos os momentos do seu governo. E agora, com status de ministro, passa a assumir uma posição de destaque na agenda política do governo.

Pois bem, mas isto são fatos, e para além dos fatos existem os factóides.

Não foi atoa que tanto Lula como a Dilma, colocaram e colocam o distinto Gilberto Carvalho para FALAR, NEGOCIAR, FACILITAR E PAUTAR questões que são nevrálgicas para os movimentos sociais de “esquerda”.

Porém, contudo, todavia, durante estes 09 anos, mesmo tendo esta função nobre, e que realmente demonstra o respeito que o PT teve e tem pelos movimentos sociais, é fato e notório que Gilberto Carvalho fica mais parecendo uma barreira, um colchão amortecedor, uma parede, entre o Governo do PT, as pautas espinhudas e os movimentos sociais, pois para além deste dito respeito, os processos continuam andando e sendo aprovados. E os movimentos sociais? ficam ai, no lugar deles num governo do PT: desmobilizados e fragilizados com o discurso e as medidas “populistas” deste governo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s