Casos cômicos da vida brasileira: Denatran diz que bicicletas elétricas tem circulação proibida

Parece mentira mas é verdade! O órgão do governo, o DENATRAN, que diz o que é multa e o que não é, agora resolveu dizer que bicicleta elétrica depende de regulamentação municipal, ou seja, se uma capital faz a regulamentação, mas os municípios metropolitanos não, já sabe o que vai acontecer…MULTA e APREENSÃO. Mas isso não é o pior, pior que exigir regulamentação, é defender que em tempos de super população de automóveis, ainda temos que punir aqueles que aceitam deixar o carro em casa, sofrer da violência contra ciclistas, e agora, serem multados por que querem uma vida melhor para o mundo, para a coletividade. Será realmente que isto esta acontecendo no Brasil? Quando pensamos que já chegamos numa situação caótica, espera, ainda vai piorar…

Mas, alguns poderiam dizer, mas as bicicletas elétricas andam em velocidades que podem ferir, matar alguém, ok, tudo bem, então façamos com que os automóveis e motocicletas andem com velocidades compativeis, ok! Como já defendi anteriormente, antes um motorista de veículos automotores ser obrigado a fazer 20 horas de ciclismo no transito brasileiro, do que regulamentar quem anda de bicicleta.

Segue a matéria do O Globo sobre o fato em questão:
Matéria publicada no Blog do Noblat

Ruben Berta, O Globo

Às vésperas da Conferência das Nações Unidas sobre desenvolvimento sustentável (Rio+20), a bicicleta elétrica, um dos veículos considerados mais ecologicamente corretos da atualidade, está no centro de uma confusão que promete atormentar a cabeça de proprietários e de quem está pensando em comprar uma delas.

Após a divulgação do caso do ciclista que foi multado em mais de R$ 1.700 durante uma Operação Lei Seca no Arpoador, ninguém se entende: para o estado, a bicicleta só está liberada para quem tem uma habilitação semelhante à de quem dirige motos.

A prefeitura, por sua vez, diz que é possível andar à vontade, sem documento específico ou mesmo capacete, se o condutor não passar de 30km/h; por fim, a União, através do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), afirmou nesta quinta-feira em nota:

“Os ciclomotores somente poderão circular quando o município tiver regulamentado a matéria”. Traduzindo: no Rio, cidade que não tem regras definidas, bicicletas elétricas não podem circular.

A posição do estado, que é quem coordena a Lei Seca através da Secretaria de Governo, foi reforçada nesta quinta-feira. Os dois agentes que multaram um cinegrafista e recolheram sua bicicleta na madrugada de domingo foram afastados. Não por abuso de poder, mas por terem montado a blitz fechando a passagem na ciclovia da Rua Francisco Otaviano com uma tenda e um carro.

Leia mais em Bicicletas elétricas: Denatran diz que, sem lei, circulação é proibida

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s