Emergentes elevarão capitalização do FMI a US$ 456 bilhões

Fonte: Gazeta do Povo

Os principais países emergentes detalharam nesta segunda-feira (18) seus planos para aumentar os cofres do Fundo Monetário Internacional em mais de US$ 90 bilhões, o que irá elevar os novos compromissos totais para US$ 456 bilhões, segundo o FMI.

A China está prometendo US$ 43 bilhões, enquanto Índia, Rússia, Brasil e México disseram, na reunião de cúpula do G-20, que vão liberar US$ 10 bilhões cada um. A Turquia se comprometeu com US$ 5 bilhões, enquanto outros países ofereceram US$ 1 bilhão.

As promessas demonstram “o amplo compromisso dos membros para garantir que o FMI tenha acesso a recursos adequados para cumprir o seu mandato no interesse da estabilidade financeira global”, disse a gerente do FMI, Christine Lagarde, em um comunicado. “Esses recursos estão sendo disponibilizados para a prevenção e a resolução de crises e para atender às necessidades de financiamento de todos os membros do FMI.”

Em abril, o G-20 havia se comprometido a aumentar o fundo do FMI em meio à piora na crise da dívida da zona do euro, com a maioria dos recursos provenientes de países europeus. Mas a fonte de US$ 70 bilhões dos US$ 430 bilhões anunciados pelo FMI não havia sido revelada na época. As informações são da Dow Jones.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s