96% dos trabalhadores da iniciativa privada conseguem aumento real em 2012: e o funcionalismo público?

Dieese afirma que 96% das negociações coletivas fechadas em 2012 renderam aumento real aos trabalhadores (da iniciativa privada, logicamente!!).

Sério? que ótimo! isso realmente é um notícia que tem sido reproduzida nos últimos 7 ou 8 anos. A partir de 2004/05 as negociações de trabalhadores foram sendo cada vez melhores.

Mas isso significa que os patrões estão mais bondosos? Não. É que tem faltando mão de obra qualificada, além de que a disposição para segurar a mão de obra já qualificada nas empresas é prioridade. Assim sendo, os aumentos tem sido sim, efeito da política de crescimento econômico brasileiro, da era Lula, mas que faz com que a ausência de mão de obra qualificada impacte diretamente nos salários.

Além dos acordos serem favoráveis aos trabalhadores da iniciativa privada, eles tem data base e toda parafernália possível para garantir aumentos consideráveis, mesmo em tempos de crise.

Já o funcionalismo público, seja Federal, Estadual ou Municipal, não tem data base, não tem lei de greve, não tem absolutamente nada que possa lhe garantir as condições remuneratórias – lembremos dos 8 anos sem aumento de nada de nada no governo FHC.

O que existe hoje em dia é o poder de barganha, ou seja, se você é das forças armadas, banco central, judiciário ou legislativo, pode ter a absoluta certeza de que será contemplado todo ano com bons e polpudos aumentos.

No entanto, o baixo clero do trabalhadores públicos, não tem tido aumento há 3 anos, e agora os governos prometem “aumento” abaixo da inflação e parcelado em 3 ou 4 anos…que coisa é essa, piada? alguns irão dizer, não esta satisfeito vai para outro trabalho…é, e assim ficamos com todos os acomodados, corruptos, insistentes, apaixonados pelo trabalhadores, lutadores, mas também o que pode haver da mais baixa qualidade do funcionalismo…

É Tia Dilma, a senhora esta se saindo muitoo melhor do que a encomenda!!!

Encenação Ato 2: Governo atende revisão de acordo solicitada pelo PROIFES

Isso mesmo, o Governo não negocia, não conversa, não sorri para o pessoal do ANDES, que representa 53 universidades em greve, no entanto, porém, contudo, todavia, assina uma acordo fundamentado na pauta desse tal de PROIFES e ainda reabre a negociação depois de 18 dias de acordo assinado.

Vejam a nota que o PROIFES publicou em seu site:

“Governo atende pleito do PROIFES-Federação”

“Em atendimento ao ofício encaminhado pelo PROIFES-Federação, em 21 de agosto último  quando solicitou ao governo o atendimento imediato, antes mesmo do início do Grupo de Trabalho previsto para setembro, o governo, em ofício datado de 28 de agosto (leia em anexo) respondeu positivamente as reivindicações apresentadas dos seguintes pontos a serem incorporados já no Projeto de Lei:
  1. Não haverá mais barreiras para a progressão para a Classe DIV da carreira do EBTT;
  2. Os professores que se encontram atualmente no cargo de professor Titular serão enquadrados na nova Classe de Professor Titular na carreira reestruturada;
  3. O Decreto que regulamenta o artigo 120 da Lei 11.784 (EBTT) autorizando a progressão dos professores da classe DI para DII ou DIII de acordo com a titulação está tramitando na Casa Civil devendo ser promulgado o mais breve possível.

Diante dessa nova vitória da negociação da Federação com o governo, os professores tanto do Magistério Superior quanto do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico avançam nessa nova etapa da luta. Os demais itens pendentes, previstos no Termo de Acordo, serão tratados quando da instalação do Grupo de Trabalho.”

A questão é: alguém acredita em papai noel? alguém ai acredita em coelhinho da páscoa? pois bem, é obvio que PROIFES e Governo da Tia Dilma ENCENARAM tudo isso. Não tem como ser diferente. Fizeram para demonstrar que eles podem, que eles fazem e acontecem.

Uma demonstração cênica do governo, dizendo que mesmo após finalizar o acordo com o “Sindicato que não representa ningém”, a Tia Dilma “continua disposta” a negociar. A tá!!! Com o PROIFES a Tia Dilma faz jogo de amizade, de grandes e históricos amigos, em contrapartida o ANDES é a traição e o jogo de esconde.

Mais privatizações estão previstas para setembro nos portos e aeroportos

Acho que Renato Russo estava certo: “O Brasil vai ficar rico quando vender todas as almas dos nossos índios em um leilão.”

Publicado no site da Radio Agência
qua, 29/08/2012 – 16:19 — Vivian
Está previsto para setembro o plano com as medidas de concessões de portos e aeroportos estatais do país, segundo informou o presidente da Empresa de Planejamento e Logística (EPL), Bernardo Figueiredo. A EPL é uma agência reguladora criada para acompanhar as privatizações.

Esta iniciativa se soma ao plano de concessões de estradas e ferrovias, lançado em agosto, em que foram privatizados 7,5 mil quilômetros de rodovias e 10 mil quilômetros de ferrovias. Neste caso, os investimentos previstos são de R$ 133 bilhões, sendo 80% bancado pelo BNDES.

Este ano, os aeroportos de Guarulhos (São Paulo), Viracopos (Campinas) e Brasília já foram privatizados. O leilão ocorreu em fevereiro e arrecadou R$ 24,5 bilhões no total. O modelo adotado incentivou o maior preço e não criou exigências de entrada. À época, o diretor do Sindicato Nacional dos Aeroportuários (Sina), Francisco Lemos, criticou as concessões.

“Esse é um modelo de neoliberalismo, de financiamento e lucratividade alta, que a gente percebe, claramente, que não traz resultado. O resultado é muito pouco para a sociedade. E ficamos perguntando novamente: o Estado está a serviço de que? Da lucratividade ou do resultado de serviço e governabilidade para a sociedade?”

Para o sociólogo César Sanson, comentarista da Radioagência NP, apesar do governo federal recusar o rótulo de privatização, é disso que se tratam as concessões.

“O fato incontestável, entretanto, é que ‘concessão’ é um eufemismo para ‘privatização’. No modelo de Parceria Público-Privada (PPP), o Estado realiza os investimentos e repassa a exploração para a iniciativa privada. No caso da pura e simples privatização, o Estado vende os ativos para o setor privado.”

Docentes da UFES aprovam continuidade da greve – 28/08/2012

Para os que acreditam no fim da greve dos professores das universidades públicas, só tenho a dizer que ela esta mais viva do que no seu início. Assembléias cheias, com professores ficando até o final e votando em peso na continuidade da greve.

Nesta toada, a UFES continua em greve, como votado ontem, dia 28 de agosto de 2012, na assembléia que contou com mais 140 professores, sendo que apenas 6 votos contrários e 5 abstenções.

Sendo assim: a greve só acaba quando o movimento nacional conseguir negociar. Acho que 4 meses de greve vem ai.

Enquanto o governo continua falando em planilhas salariais, o movimento grevista docente quer melhoria da qualidade da educação e, principalmente, um plano de carreira que estimule as próximas gerações e a excelência brasileira a se tornarem professores e pesquisadores das universidades brasileiras. Esta greve esta pensando e mudando a realidade dos próximos 10 ou 20 anos…

Aos que pensam no seu umbigo e não sabem nem porque estamos em greve: venham participar ativamente das assembléias, isso significa falar, abrir a boca e se expressar, ok!!!

Requião denuncia o PT Privatista: que inveja o PSDB deve estar, heim!

Senador Roberto Requião, que não é do PT, não é do PSOL, não é do PSTU, mas faz parte como ele mesmo gosta de dizer, é do MDB Velho de Guerra. Um democrata que assume a posição de que o Estado deve ter presença de mando na infraestrutura, na saúde, educação, segurança pública, etc etc etc….inclusive nas TVs educativas…entre outros.

O Estado não é um suporte para o capital, mas o centro para dar suporte a vida, aos indivíduos, as coletividades, aos movimentos sociais, ao mercado local…e não ao capital internacionalizado e transnacionalizado.

Num discurso histórico, traz a tona a vergonha com que as privatizações estão sendo reutilizadas pela Tia Dilma.

Vídeo postado no Blog do Tarso.

Encenação Ato 1 – PROIFES: sindicato pelego dos professores universitários pede para governo rever acordo!!!

Foto: Gil Vicente – Dono do PROIFES

Parece piada ou buataria da esquerdalha, mas é verdade: o PROIFES, o sindicato que a justiça não reconhece como válido e que é antro de petistas e governistas, ou seja, um sindicato que surge apenas com os objetivos de desarticular, desmobilizar e desorganizar qualquer manifestação dos professores universitários no Brasil, solicita ao governo revisão do acordo.

É fato, como consta no site do PROIFES, http://proifes.org.br/proifes-solicita-do-mec-a-transposicao-dos-atuais-titulares-ja-no-pl-reitera-pedido-de-fim-de-barreiras-por-titulacao-no-ebtt-e-cobra-progressao-para-dii-e-diii/, a solicitação realizada no dia 21 de agosto, ou seja, 18 dias após realizar o acordo fajuto com o governo, e que agora PEDE PARA QUE O GOVERNO REFEJA O TAL ACORDO.  É isso mesmo!!!

Que piada é esta? Até parece ação de racker no site do PROIFES, só pode ser!!!? Que sindicato é esse que faz um acordo, que por acaso não foi aceito pela sua base (como foi o caso da UFBA, UFG, UFMS…), e agora pede arrego?

Depois tem gente que diz que os professores estão reclamando de barriga cheia, ahã, só se for de ácido estomacal de tanta angústia e indignação.

Agora só falta o governo sentar e rever os pontos solicitados, enquanto isso, na sala da injustiça, o ANDES, o sindicato histórico e oficial dos professores, em greve a mais de 105 dias e o governo se nega a sentar e negociar.

Bom, mas a vida de ptista governista é assim (quase igual ao tucanato), só negocia e fecha acordo com amigos, irmãos de fé, camaradas e cumpanheiros que fale bem pela frente e pelas costas. Críticas nesta terra não são bem aceitas, não é Tia Dilma (um dia gasto um tempo contando esta!!!)

Mas voltemos a vaca fria, um acordo que é realizado com um sindicato que não existe e que agora, este mesmo sindicato inexistente diz que não esta satisfeito. Como assim? Que palhaçada é essa? Ahh, é o PT da Tia Dilmista…issso sim!!!

Nunca pensei que um dia falaria isso, mas por favor: Fora Tia Dilma!!!

OBS: ver o desfecho desta piada no https://andremichelato.wordpress.com/2012/08/30/governo-atende-revisao-de-acordo-solicitada-pelo-proifes/, intitulado: Encenação Ato 2: Governo atende revisão de acordo solicitada pelo PROIFES.

Africanas anunciam greve de sexo para exigir renúncia de presidente

Publicado no site Último Segundo (Foto Presidente Faure Gnassingbé de 2006)

As mulheres de Tongo, localizado ao oeste da África, anunciam a realização de uma greve de sexo para exigir a renúncia do presidente do país, Faure Gnassingbé. O movimento deve ter início amanhã e seguirá durante toda a semana.

“As mulheres togolesas vão declarar greve de sexo para tentar mobilizar seus parceiros para que eles realizem mais ações e provoquem a saída de Gnassingbé do poder”, declarou neste domingo a responsável do “Coletivo Salvemos Togo”, Isabelle Ameganvi.

A ativista pediu às mulheres togolesas que sigam o exemplo das liberianas, que tomaram medidas similares para acelerar a chegada da paz durante a guerra civil vivida nesse país até 2003.

“O homem que nos dirige (Gnassingbé) gosta das relações sexuais, por isso convido as togolesas a abster-se durante esta semana”, disse Isabelle, em reunião que encerrou uma passeata pacífica convocada hoje pelo grupo.

Os protestos foram convocados após os violentos enfrentamentos entre as forças de segurança e manifestantes partidários da oposição nos dias 21, 22 e 23 de agosto. Os confrontos deixaram pelo menos cem feridos, segundo o coletivo, que denuncia a detenção de 125 de seus integrantes.

O Ministério de Segurança do país divulgou comunicado dizendo que 119 detidos nas manifestações foram libertados na sexta-feira (24).

Regras da ABNT para o horário eleitoral Já!!!

Ainda não tinha assistido a nenhum programa eleitoral nestas eleições, até hoje, dia 27 de agosto, então o fiz. Adentrei ao youtube e busquei diversos programas, sejam do ES ou de outros estados. Uau, foi quando fiquei realmente espantado com o quanto de tecnologia e efeitos novelescos e hollywoodianos estes programas estão ganhando. A coisa esta desproporcional para com a realidade da vida das pessoas.

Então fiquei pensando que em outros países, alguns, as coisas já avançaram, assim como no Brasil, que até 2003 ainda tínhamos showmicios e muita sujeira nas ruas. Então avançamos, mas precisamos de mais, mais mudanças.

Pois bem, se no mundo acadêmico temos as regras da ABNT, ou seja, padronização para trabalhos, resumos, resenhas, artigos, enfim, toda e qualquer produção acadêmica deve utilizar-se de padrões de formatação, tipo de papel e letra, tamanho da letra, paragrafação…para deixá-los visualmente o mais parecido possível. Mas para que, alguns irão perguntar? Pelo simples motivo de que o que tem que ser valorizado e deve ter destaque são as ideias, os dados e os argumentos,  e não se o papel é verde ou azul, se a dobra do trabalho é em formato de caixa ou balão, se a tinta é mais brilhante ou menos brilhante….

Pois bem, é disto que estou falando. Então, que tenhamos as regras da ABNT nos programas eleitorais já! Políticos de frente para a câmera com fundo branco e ponto. Não estamos elegendo a melhor empresa de publicidade e muito menos o melhor diretor, mas um gestor público que irá tratar a administração a partir de ideias, conceitos e projetos, que estão necessariamente na sua cabeça, na proposta partidária e na sua história.