A maior e melhor política pública: o consumo

A sociedade brasileira é absolutamente conservadora. Elegemos lideranças cada vez mais conservadoras. O Estado que tem nome dado pela Igreja, o Estado do Espírito Santo, elege continuamente lideranças absolutamente conservadoras, que seguem e regem a cartilha da conservação das elites locais (elites não é sinônimo de quem tem dinheiro apenas, ok!) e das formas de se fazer civilidade. E isto tem ocorrido país a fora.

Enfim, o brasileiro, principalmente o da CRASSE média, adora, gosta, tem tesão quando vê que as políticas públicas reforçam cada vez mais a ideia de que o consumo, a industrialização e a urbanização desenfreada estejam no topo da pauta de nossa sociedade.

Indivíduos que defendem e arrotam o uso da bicicleta como meio de transporte de massa, que é ecologicamente correto, que é solidário, que é bonito, é chique, os europeus usam, mas rapidamente batem palma e saem correndo para uma concessionária quando o governo reduz o IPI dos veículos, o que isto significa? E, logicamente que os governos saem atrás do ópio desta sociedade: carro, eletrodomésticos e muito crédito para consumir, consumir e consumir.

E agora estamos a beira de elegermos um defensor do consumidor como prefeito da maior cidade da América do Sul? Vejam só!!! Para que gestor público, prefeito ou lá seja o nome que se dê para esta função, queremos é um defensor dos consumidores!!!

Para os que ainda não viram: ZEITGEIST o Filme – uma boa reflexão sobre o mundo.

2 thoughts on “A maior e melhor política pública: o consumo

  1. breno diz:

    Professor, gosto das suas ideias mas, participante da bicicletada vitoria, me senti ofendido e injustiçado com os termos que voce utilizousobre a defesa das bikes e sobre o “correr pras concessionarias”.
    As politicas pró-automoveis sao muito debatidas e um dos pontos debatidos entre os cicloativistas (neste termo, ja nao me considero como sendo) é o fato da redução do IPI para automoveis mas nao para bicicletas.

    Por favor, edite essa parte da sua postagem… está mal informou não informado.

  2. michelato diz:

    Breno, acho q houve um ruido na interpretação da minha critica, vc entendeu mal, pois minha critica vai para aqueles/as, e são muitos, que dizem que a bicicleta é importante, é fundamental, mas na hora de ir trabalhar de bicicleta não querem e dão diversas desculpas para isto….e além, muitos, fazem apologia a bicicleta mas trocam de carros anualmente…isto esta virando muito normal…foi apenas isto que queria dizer…ok?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s