Espírito Santo: estradas para relembrar o passado no Brasil

Mais de 5 mil Km rodados entre o Sul e Sudeste. Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná e Santa Catarina, estradas pedagiadas, infelizmente, mas são rodovias que são um tapete, com segurança, tranquilidade, super hiper sinalizadas, sempre com obras, 99,9% duplicadas (algumas com dinheiro público, outras com recursos do pedágio). Os pedágios de manutenção no valor de 1,50, barato e eficiente!!! Já fui contra os pedágios, mas num pais continental como o Brasil, com o volume de corrupção no sistema de transporte, impossível manter o público como monopólio do sistema. Ainda prefiro viver mais alguns anos viajando pelo Brasil. Porém, no ESPÍRITO SANTO, não o da Igreja, mas o Estado, as estradas são mais ou menos assim: sinalização, quando existe estão atrás do mato de quase 3 metros de altura na beira da rodovia, buracos e falhas no asfalto são a regra, pista simples é 100% da malha viária, sem mapa ou GPS vc não sabe nem onde vc esta (pois nem placa de distancia e localização não existem), policiamento não existe, acidentes diários e até mesmo o processo de concessão das estradas esta sub judice, assim como a reforma do aeroporto, que há 7 anos esta sub judice, e pq? simples…briga de quadrilheiros (PSB, PPS, PMDB, PSDB, PT, PTB, DEM etc etc etc) para ver quem leva a porcentagem do agrado…até quando? até quando?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s