Uma formação para além dos bancos escolares

Depois de vivenciar 22 anos de bancos escolares, naquela lógica de ir, sentar, ouvir, apreender o que foi dito, debater, vivenciar os corredores, os sons, os cheiros, os gostos das comidas de cantinas, os intervalos, as aulas matadas, …., estou adentrando o ensino a distância (EAD). Mas como dantes, e diferentemente do hoje, estou como aluno.

Relutei por anos a este outro formato de relação ensino-aprendizagem. No início deste outro tempo, fui a diversos fóruns, seminários, debates que faziam e traçavam horas e horas de críticas ferozes sobre essa nova forma de ser. Ainda hoje, convivo com mais gente que é contra do que é a favor. As críticas são inúmeras, centenas de milhares, mas não vou gastar meu tempo em apresentá-las. Mas fico com a impressão de que  estas acabam sendo um preciosismo desse debate e até mesmo fica sendo um banker da condição de professor-dominador. Ora bolas, com o ensino a distância é necessário um professor e diversos monitores para uma imensa turma distribuída mundo a fora. Como podemos permitir isto?!!!

Mas voltemos a vaca fria. Passei a considerar esta nova forma de “ser escola” quando fui morar no interior da Bahia, num município chamado Remanso, que ficava a 5 horas de estrada de chão da primeira cidade com certa estrutura. Ou seja, as pessoas que ali habitam e que tem interesse em participar de um processo de formação, seja ele qual for, deverão sofrer 10 horas diárias nas estradas, para que possa ficar mais 4 horas sentados como ouvintes, de uma forma de ensino, que sabemos que esta pra lá de atrasada. Enfim, passei a rever meu posicionamento diante desta realidade.

Obviamente que este novo formato de “escola” deve ter seus limites e devemos ponderar constantemente sobre seus processos, assim como temos feito com a educação presencial.

Basta de recalques e corporativismos amedrontados e amedrontadores. As vezes o que parece ser progressista, esta mais para conservador. Atentemos a isto.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s