Não tem mignon e espumante?

Texto retirado do Jornal Estadão, na coluna Politica ao Vivo, quando cometam os fatos momento a momento, ao vivo, dos fatos do dia. Neste caso, os comentários era sobre o protesto a favor da democracia na Av. Paulista. Segue:

  • São Paulo – Vendedores ambulantes que foram ao protesto contrário ao governo no último domingo, na Av. Paulista, lamentam que as vendas de hoje, na manifestação favorável à presidente Dilma Rousseff, estejam mais fracas. Alguns deles chegaram a abaixar o preço, para atrair mais demanda. Foi o caso de Gilmar, de 35 anos, que preferiu não informar o sobrenome. Segundo ele, além de hoje haver menos pessoas, o público é “mais humilde”. “Aí, por exemplo, a água, que eu vendia a R$ 5 no domingo, hoje eu vendo a R$ 3”, disse. Gilmar também contou que o público de domingo era mais “diferenciado”, portanto, quando o assunto era cerveja, ele só vendia Heineken. Hoje, optou por trazer a Skol.

    O pipoqueiro Yang Kauae, de 21, também lamentou a menor demanda do protesto desta sexta-feira. Ele estima que, no domingo, faturou cerca de R$ 3 mil. “Hoje, foram só R$ 200, por enquanto”, disse. O vendedor Geraldo Cardoso, de 45 anos, tem tido mais sorte. Ele disse que, embora o público de hoje seja menor, o público de domingo era “mais fresco”. “Em vez de comprar uma água comigo, eles preferiam comprar água na Starbucks”, lamentou. Segundo os organizadores do ato de hoje, há cerca de 200 mil pessoas na Av. Paulista. No último domingo, o protesto contrário ao governo de Dilma Rousseff reuniu, segundo o Datafolha, cerca de 500 mil pessoas. (André Ítalo Rocha)

 

Blog pra que te quero!!!!

odio

Boa tarde, retorno a escrever no meu blog depois de longos 2 ou 3 anos sem ao menos abri-lo, a não ser para publicar um post de revolta ao PT, aquele que um dia já foi o partido ao qual fui filiado. Enfim…

Alguns poderão pensar que retorno em função do cataclisma político pelo que o país passa, e assim irei escrever minhas opiniões e impressões sobre este cenário. Pois é meu colegas, talvez, talvez escreva!!! escreverei!!!

Quando parei de escrever no blog foi pelo motivo de que achei no Facebook e em outras redes sociais a possibilidade de dialogar e debater com mais pessoas, organizações, ser mais ágil e alcançar mais espaço para ouvir e expor ideias e posicionamentos. Mas não, realmente esse tempo durou pouco, e agora neste momento, as redes sociais passaram a ser palco de ÓDIO contra tudo e todos que não se colocam a favor de uma determinada idea-logia. Não há debate, mas agressões e desejo de morte, de destruir o outro. Ao menos por enquanto isto esta restrito as redes socais…enfim…

Opiniões furtivas são xingadas, agredidas, ameaçadas…

Para mim deu…a partir de agora será no Blog e nas relações pessoais…redes sociais serão apenas para release de jornais e blogs, além de trocar mensagens, pois esta nova geração de jovens não conhecem email.

Que venha 2016 e sua insanidade.