Prato do Dia: tapetão a moda tucana (chuva de café!!!!)

Em visita a Campinas, o Governador de SP, Geraldo Alckmim, foi atacado por uma chuva de café, isso mesmo, CAFÉ. O ocorrido aconteceu durante uma caminhada de apoio ao candidato apoiado pelo tucano na disputa pela Prefeitura de Campinas, Jonas Donizette.

É sempre assim. Na última campanha presidencial, o então candidato José Serra, foi atacado por uma bola de papel que, segundo a rede gRobo e a folha de são paulo, o levou para o hospital, onde passou até por ressonância magnética.

Agora, nesse momento, quando o PSDB esta jogado na lona, deitado, com dores abdominais e escorrendo líquidos corporais pelos olhos e nariz, no seu último suspiro, irá realizar ataques diretos ao PT, seu arqui-inimigo em Campinas e em São Paulo capital.

É aqui que o bicho pega. A chuva de café aconteceu em Campinas, mas atinge frontalmente o PT da Capital. Ataque, que com certeza foi armado pelo staff tucano e demonstra a doçura da tucanalha paulistana (não vamos esquecer dos ataques que a Elite Collorida fez ao lula em 89, seja no quebra quebra no comício ou da ex mulher do lula…ok!!! Política é uma coisa, ganhar no tapetão é outra!!!).

Todo e qualquer elemento que seja da classe político bom sujeito não é, mas a regra é clara Arnaldo: no desespero a tucanalha coloca o bico para bicar, seja o que for e onde for. Cuidado!!!

Foto: Fotoarena/Folhapress

Eleições, campanha eleitoral e voto: o conjunto perfeito da democracia brasileira…acredite se quiser!!!

Antes de votar, pense, reflita, avalie…e no fim, vamos eleger mais uma vez alguém que vai fazer parte ou já faz parte da CLASSE POLÍTICA brasileira. Classe esta que é um segmento da sociedade. Se relaciona e se liga a outras formas de classe ou grupos sociais, mas é uma classe específica. Age e se comporta como tal. Ou seja, os interesses sempre serão desta mesma classe…fica a dica…vote, mas saiba dos riscos que assumimos em viver….filosofia de boteco e vídeo de boteco (extremamente bem feito) para nosso dia 07 de outubro….que o botão verde sirva para alguma coisa…e viva a democracia brasileira…

Em Vitória/ES, segundo o IBOPE, o candidato que mora e trabalha no Rio de Janeiro esta em primeiro nas pesquisas

É isto, Vitória, a capital do Estado do Espirito Santo, provavelmente terá um prefeito (que já foi prefeito de Vitória), que mora e trabalha no Rio de Janeiro. Funcionário do BNDES no RJ, o candidato Luiz Paulo só vem para a cidade de Vitória quando esta em férias e nos finais de semana, pois se no passado estava em Vix durante a semana era porque estava matando trabalho. Pois bem, se LP ganhar mesmo, os cidadãos capixabas estarão se autoconcedendo o título de colonizados. É isto, a verdade as vezes é muito triste!!!

Luiz Paulo Vellozo Lucas (PSDB): 43%
Luciano Rezende (PPS): 22%
Iriny Lopes (PT): 16%
Edson Ribeiro (PSDC): 1%
Gustavo De Biase (PSOL): 1%
Montalvani (PRTB): 1%
Branco / nulo: 8%
Não sabe / não respondeu: 9%

A pesquisa foi realizada entre os dias 18 e 20 de setembro. Foram entrevistadas 504 pessoas na cidade de Vitória. A margem de erro é de 4 pontos percentuais, para mais ou para menos. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-ES), sob o número ES-00082/2012.

Publicado no G1

O mundo canibal da política capixaba!!!!

Para quem é do Estado do Espirito Santo sabe muito bem de quem o candidato no vídeo abaixo esta falando, mas quem não é…vale a pena ver…ele só esta falando da mais pura e concreta realidade capixaba. Candidatos cheiradores de bíblia e demais artefatos, além de que a população toda é cheiradora de pó de minério. Mas também temos candidato a prefeito que mora no Rio de Janeiro, trabalha no Rio de Janeiro, mas é candidato aqui…que coisa!!! que mundo canibal é esse…?!!!

PSDB: uma arena de gladiadores

Blogueiros e analistas políticos não tiram da cabeça e dos seus blogs (principalmente o Blog do Miro) o fim premeditado da minoria oposicionista ao PT, ou seja, o DEM – que já esta desfalecido, deitado no chão e continua levando chutes no estômago, e agora o PSDB, que acaba de dinamitar seu grande nome no congresso, Álvaro Dias (PSDB/PR), que é nada menos e nada mais que o LÍDER da oposição no senado. Inimigo de Beto Richa (governador no Paraná), já anunciou que Dias não terá mais espaço na chapa do PSDB em 2014 para o Senado e para Governador, ou seja, lhe restará disputar uma vaga para deputado federal ou deixar o ninho tucano de uma vez por todas.

Outro reflexo disso, é a derrocada de Serra no pleito eleitoral em SP. Que solitariamente tem que dar conta do foguete ultrasonico Russomano e o elevador atômico Lula-Haddad. Se Serra perder, podem ter certeza, será seu extermínio e exílio total da política brasileira, mas que abrirá as portas da esperança para muitos outros. Como diz o ditado popular, onde se fecha uma porta, abre uma janela. Enfim!!!

Voilá, é a oposição dinamitando-se a si mesma em proporções nunca dantes navegada.

O que mais impressiona é que mesmo sofrendo derrotas atrás de derrotas, continuam se degladiando como se fossem seus próprios inimigos. Até onde vai isso!!???

Enquanto isso, na sala da injustiça: Tia Dilma se delicia apenas com grevistas e pequenas birras da base aliada.

Direita Curitibana extermina blogueiro que fiscaliza e debate a democracia em CWB

Luciano Ducci extermina o Blog do Tarso

Por Tarso Violin

O prefeito de Curitiba Luciano Ducci, candidato a reeleição pelo PSB (com PSDB/DEMO/PSD/PTB/PPS/PP etc), exterminou o Blog do Tarso.

Luciano Ducci e sua gangue almejavam há dias intimidar e censurar o Blog do Tarso, com a tentativa de aplicar multas de até R$ 212.820,00 (duzentos e doze mil, oitocentos e vinte reais), por causa de duas simples enquetes que o Blog divulgou.

Denuncio que os advogados responsáveis por tamanho absurdo contra um Blog elaborado por outro advogado são Ramon de Medeiros Nogueira e Cristiano Hotz, que entraram com a Representação 1174-71.2012.6.16.0001 e a Representação 1175-76.2012.6.16.0001. Uma mancha em seus currículos que vai ser cobrada no futuro.

O Ministério Público opinou e a 1ª Instância da Justiça Eleitoral, por meio de sentença do juiz Marcelo Wallbach Silva, decidiu de forma sensata no sentido apenas de recomendar que as enquetes fossem divulgadas nos termos da Resolução 23.364 do Tribunal Superior Eleitoral.

Não satisfeitos, Luciano Ducci e seus advogados “pau para toda obra” recorreram para o Tribunal Regional Estadual do Paraná. Um dos advogados chegou a conversar com cada magistrado do TRE para condenar o Blog do Tarso ao pagamento da multa estratosférica. E não é que o TRE/PR, com apoio do MP, aplicou duas multas que somam o valor de R$ 106.410,00 ao editor-presidente do Blog do Tarso (que não é uma pessoa jurídica)?

Será que esses magistrados têm noção do que fizeram? Será que eles acham que estão lidando com candidatos, com partidos políticos, com grandes institutos de pesquisa e grandes meios de comunicação? Simplesmente essa sanção é uma “pena de morte” ao Blog do Tarso, um blog que é um hobby, sem fins econômicos, que existe para fazer controle popular da Administração Pública e para discutir política e o Direito.

Além de ser um absurdo que simples enquetes sejam consideradas como pesquisas.

Enquanto isso agentes públicos milionários são multados em R$ 5.000,00 pela Justiça Eleitoral, por uso de bens públicos em campanha eleitoral.

Pois bem, vou recorrer ao TSE em Brasilia, mas se mantidas as multas, fica aqui o último post do Blog do Tarso, no exato dia que atingiu um milhão de acessos, desde o dia 1.1.11, com uma média de 4 mil acessos ao dia nas últimas semanas.

Obrigado a todos os leitores e colaboradores, até quem sabe um dia! Continuo no Twitter e no Facebook.

Um grande abraço,

Tarso Cabral Violin – Editor-presidente do Blog do Tarso, professor de Direito Administrativo e mestre em Direito do Estado pela UFPR

Regras da ABNT para o horário eleitoral Já!!!

Ainda não tinha assistido a nenhum programa eleitoral nestas eleições, até hoje, dia 27 de agosto, então o fiz. Adentrei ao youtube e busquei diversos programas, sejam do ES ou de outros estados. Uau, foi quando fiquei realmente espantado com o quanto de tecnologia e efeitos novelescos e hollywoodianos estes programas estão ganhando. A coisa esta desproporcional para com a realidade da vida das pessoas.

Então fiquei pensando que em outros países, alguns, as coisas já avançaram, assim como no Brasil, que até 2003 ainda tínhamos showmicios e muita sujeira nas ruas. Então avançamos, mas precisamos de mais, mais mudanças.

Pois bem, se no mundo acadêmico temos as regras da ABNT, ou seja, padronização para trabalhos, resumos, resenhas, artigos, enfim, toda e qualquer produção acadêmica deve utilizar-se de padrões de formatação, tipo de papel e letra, tamanho da letra, paragrafação…para deixá-los visualmente o mais parecido possível. Mas para que, alguns irão perguntar? Pelo simples motivo de que o que tem que ser valorizado e deve ter destaque são as ideias, os dados e os argumentos,  e não se o papel é verde ou azul, se a dobra do trabalho é em formato de caixa ou balão, se a tinta é mais brilhante ou menos brilhante….

Pois bem, é disto que estou falando. Então, que tenhamos as regras da ABNT nos programas eleitorais já! Políticos de frente para a câmera com fundo branco e ponto. Não estamos elegendo a melhor empresa de publicidade e muito menos o melhor diretor, mas um gestor público que irá tratar a administração a partir de ideias, conceitos e projetos, que estão necessariamente na sua cabeça, na proposta partidária e na sua história.

Eleições em Terras Capixabas: um vácuo de sentidos e sentimentos

Estou vivenciando a segunda campanha eleitoral em terras capixabas, e pela segunda vez estou passando pela mesma experiência: não existe campanha eleitoral no Espirito Santo!  A não ser pelo PSOL, não vejo os demais partidos, os demais canditados/as estabelecendo formas de diálogo com a população, a não ser a velha forma de ir as comunidades e a mídia (comprada!!!).

Nas ruas a campanha eleitoral não existe. Entre as pessoas com quem converso (e não são poucas, pois convivo dioturnamente numa Universidade Pública), com quem convivo profissional e pessoalmente, NUNCA fui abordado e questionado sobre meus poscionamentos políticos. Nunca!!!! A não ser por pessoas que ligadas ou simpatizantes do PSOL.

No Espirito Santo a política partidária me parece algo tão distante, tão mau falado, tão mau visto, algo que não faz e não deve fazer parte da vida das pessoas. Esta COISA chamada gestão dos bens coletivos do mundo da vida, ou seja, a política que se faz na escolha de quem lidera e decide o destino dos bens coletivos, deve ser abortado, deve ser expulso, não deve fazer parte do mundo da vida. Resultado: uma elite putrefata que manda e desmanda no Estado a décadas, mesmo quando o PT passou pelo Estado ainda na década de 90, teve posicionamentos de uma elite atrelada a famílias, a grana e ao poder.

É uma história que parece TER fim, pois não há como ser eterno, mesmo porque é um Estado que tem pessoas que discutem, se preocupam, interferem na vida política, mas infelizmente ainda não tem legitimidade nas relações sociais e políticas. Ainda será necessário mais de uma geração para tentar algumas mudanças neste status quo que mais parece uma massa pastosa amorfa que gruda em grupos e pessoas que representam grupelhos empresariais e de concentração de poder político.

Porém, não é necessário pensar no futuro. A recente história da política neste Estado demonstra o quanto isto esta presente. O todo poderoso ex-governador Paulo Hartung (PH) manda e desmanda nas forças políticas do Estado, mas que em tempos de agitação eleitoral atua de forma quieta, escamoteada, por debaixo dos panos, no tapetão, mesmo porque uma estratégia como estas lhe garante menos riscos em tempos de farpas e pontapés eleitorais.

De outro lado, o atual governador, Renato Casagrande-Cenzala (claramente o senhor de engenho!!!), eleito nas últimas eleições com 84% dos votos válidos, quase uma ditadura popular, rs, só aparece na mídia e publicamente, para “sair na foto” sempre bem arrumado, mostrando seus feitos, em contrapartida não se vê criticas fortes, duras, estruturais ao seu governo, quando estas existem, é pelo mesmo motivo de quando não existem, interesses e brigas por mais espaço na dinastia PH/Casagrande.

Pelo momento é o que sinto: um grande vácuo de sentido e sentimentos!!!!