A multifuncinalidade de Deus…dá-lhe Russomano!!

Pastor Marcos Galdino, Celso Russomano, Luiz Flávio D’Urso e Renato Galdino, em culto no templo da Assembleia de Deus Ministério Santo Amaro (Foto: Marcelo Mora/G1)

Nada melhor do que acordar e presenciar mais um dos fatos da nossa história de seres viventes!!!

Como publicado na Folha de São Paulo: “O pastor também instou os fiéis a gritar ‘glória a Deus’ se quisessem ‘melhor saúde, transporte e educação para nossa cidade’ e que os que acreditassem na vitória de Russomanno levantassem a mão. 1Vocês creem que ele será o próximo prefeito de São Paulo?1, pregou. Boa parte da plateia levantou a mão, aos gritos de “aleluia”. O pastor disse que falava como ‘profeta de Deus'”.

E ainda acrescenta: “‘Eu quero pedir um presente pra vocês. Levem o nome do Celso Russomanno para mais cem pessoas. Vocês têm família, parentes, pessoas onde vocês trabalham. Temos uma meta a ser alcançada’, disse o pastor Galdino.”

E assim caminhamos em nome de Jesus. Pedidos de voto, orações e rezas para salvar o povo do sofrimento, para fazer chover, para curar e salvar a vida onde faltam médicos e medicamentos, para retirar o mau da prefeitura de São Paulo, para abrir os caminhos para a riqueza e o sucesso.

É uma infelicidade misturaram fé com religião, uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa!!!! Infelizmente a sociedade ocidental moderna (racinalizada e capistalista) utiliza-se excepcionalmente bem desta que é a maior peste da humanidade: as institiuções racionalizadas e capitalistas a serviço de Deus.

Como intitulo este post, deus esta aí para todas as obras, “é pau pra toda obra”, como diria o ditado popular. Seja para bem ou para…

Oramos e pregamos para controlar…e assim caminha a humanidade!!

E assim começamos a semana com a pregação do excelentíssimo Bispo Edir Macedo, que acabou de publicar no seu microblog a frase: “Quem muito se preocupa com as coisas do mundo, recebe pouco de Deus”.

Ser dono de emissoras de TV, dezenas de rádios, centenas de imóveis, contas bancárias no exterior,  investir pesadamente em políticos e eleger dezenas de pastores, além de tantas outras traquinagens para dominar, controlar e operar as COISAS DO MUNDO, acho que não seria, digamos, o Senhor um despreocupado com estas coisas, não acha senhor Bispo?

Uma pergunta que não quer calar: você recebeu isso tudo de quem então?

O melhor da vida é isso: para se ver tudo, tem que estar vivo!!!